Imagem da aplicação SIGARRA
This Page in English Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login, Atalhos. Autenticar-se Validar-se
Centro de Documentação e Informação
Você está em: Início > Cursos > Disciplinas > LECMP1111

Cursos

Psico - Sociologia das Organizações

Código: LECMP1111    Sigla: PSO

Ocorrência: 2010/2011 - 2S

ECTS: 6   Créditos: 6
Secção: Ciências Sociais

Cursos

Sigla Ano Curricular Nº de Alunos
LECMP1 29

Horas

Horas

Teórica-Práticas: 4   Atendimento a alunos: 4  
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica-Práticas Totais 1 4,00
LIA PAPPÁMIKAIL   1,00
Sónia Galinha   1,00
Atendimento a alunos Totais 1 4,00

Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Joao Manuel Grossinho Sebastiao Responsável

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem
(conhecimentos, aptidões e competências
a desenvolver pelos estudantes)

A disciplina de Psico-Sociologia das Organizações está concebida de modo a constituir uma introdução aos métodos, conceitos e teorias que procuram explicar a actividade desenvolvida pelos actores sociais e organizacionais. O objectivo é estudar de que forma é que as características dos actores sociais (individualmente ou em grupo) podem influenciar as organizações e de que modos são influenciados por ela. Tem como finalidade contribuir para o desenvolvimento de competências de análise da realidade humana, entendida como uma realidade que se constrói na relação com os outros em contextos sociais, sujeitos por sua vez a dinâmicas singulares, multidimensionais e multimodais. Pretende, igualmente, fornecer aos alunos os conceitos básicos indispensáveis à compreensão do comportamento humano em contexto de comunicação grupal e organizacional, tendo em vista, na aplicação de tais conhecimentos promover a compreensão dos fenómenos de grupo e do sujeito enquanto elemento de um grupo e melhorar a eficácia organizacional.

Pretende-se facultar aos alunos quadros teóricos de referência para análise do comportamento social, especialmente aqueles que tenham incidência no quadro organizacional: atitudes, processos grupais e intergrupais; o recurso a métodos de observação rigorosos e os instrumentos de análise adequados à identificação e medida dos fenómenos abordados. Neste âmbito elegem-se os seguintes objectivos:

- Analisar as origens do pensamento psicossociológico na segunda metade do Século XIX;
- Consolidar a evolução da Psicologia Social como disciplina científica independente;
- Compreender a Psicologia Social actual: cognição social, mecanismos de influência e processos de mudança;
- Aprofundar os processos sócio-organizativos valorizando a importância dos grupos nas organizações;
- Consciencializar e promover a compreensão dos fenómenos de grupo;
- Compreender que a personalidade é um produto dinâmico em que intervêm diferentes factores;
- Aprofundar conhecimentos no âmbito das teorias da motivação;
- Compreender as teorias da liderança;
- Consciencializar para a importância da gestão do conflito para a relação intra e interpessoal;
- Desenvolver conhecimentos sobre a cultura e o clima organizacional;
- Abordar os novos desafios formação e da qualificação dos recursos humanos rumo à sociedade cognitiva.

Conteúdos programáticos

I - Introdução à Psicossociologia das Organizações
1. Objecto e história da Psicologia
2. Objecto e história da Sociologia
3. A evolução da Psicologia Social como disciplina científica independente
4. A Psicologia Social actual: problemas, métodos e técnicas de investigação
5. Aplicações da Psicologia Social

II - Processos pessoais e interpessoais
1. Cognição e pensamento social
2. Percepção e atenção
3. Categorização e representação do conhecimento social
4. Aprendizagem
5. Memória
6. Linguagem
7. Pensamento e raciocínio
8. Cognição e emoção

III - Self e relações interpessoais
1. Determinantes do desempenho individual: o efeito da presença de outros no comportamento individual
2. Self e estratégias de auto-apresentação
3. Motivação, satisfação e regulação social das emoções
4. Comunicação interpessoal
5. Atracção, relações íntimas e sexualidade
6. Agressão e altruísmo

IV - Mecanismos de influência e processos de mudança
1. Os processos de influência social
2. Papéis sociais, atitudes, mudança de atitudes e persuasão
3. Percepção das pessoas e processos de atribuição causal
4. Estereótipos, preconceito e discriminação
5. Valores sociais e ideologias
6. Formação de normas
7. Expectativas
8. Conformismo
9. Obediência
10. Inovação e influência das minorias

V – Paradigmas da Psicologia Social
1. A Psicologia Social Europeia e Americana
2. A organização interna do grupo (estruturas formais e informais)
3. O grupo, funções, factores de eficácia e crescimento

VI – Personalidade e Relação Interpessoal
1. A teoria psicanalítica de Freud e a teoria psicossocial de Erikson
2. A teoria da aprendizagem social de Bandura
3. A teoria fenomenológica da personalidade de Rogers; a teoria de auto-realização de Maslow e a teoria das necessidades psicológicas de Murray
4. A teoria dos traços de personalidade de Eysenck
5. A gestão do conflito

VII – Teorias da motivação
1. Teorias da Motivação segundo Cannon e Claude Bernard;
2. Teorias de Mc Dougall, Maslow e de Henzerberg,
3. Teoria Mc Clelland
4. Teoria de Mc Gregor

VIII – Teorias e modelos em liderança
1. Carlyle e Lindzey
2. White e Lippitt e de Likert
3. Blake e Mouton
4. Fiedler

IX – Questões emergentes do Sistema Aberto na Sociedade Cognitiva
1. A cultura e o Clima Organizacional
2. Novos desafios formação e da qualificação dos recursos humanos rumo à sociedade cognitiva
3. Introdução ao estudo da inteligência emocional e do bem-estar subjectivo de Seligman
4. O conhecimento organizacional segundo Nonaka e Takeuchi

Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da unidade curricular

Componente teórica usando o método expositivo, complementada com componente prática usando estratégias de exposição participada, estudos de caso, exemplos práticos e trabalhos individuais ou de grupo. De acordo com os objectivos da disciplina, a metodologia consistirá na exposição teórica dos conteúdos programáticos e na análise e discussão de textos de apoio. O programa da disciplina encontra-se dividido em módulos e será leccionado por dois docentes.


Modo de Avaliação

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Aulas da disciplina (estimativa)  Aulas  104
  Total: 104

Metodologia de ensino (avaliação incluída)

O sistema de avaliação da disciplina baseia-se na avaliação contínua. Este modelo de avaliação pondera os trabalhos teórico-práticos desenvolvidos pelos alunos.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da unidade curricular

Serão considerados em avaliação contínua os alunos que realizem um teste individual, escrito e presencial que incide sobre a globalidade dos conteúdos programáticos (50%), a elaboração de uma resenha (25%) e a realização de um trabalho de pesquisa temática com apresentação oral (25%). A ponderação dos trabalhos realizados em grupo é efectuada desde que o aluno atinja um mínimo de oito valores na avaliação escrita individual presencial (frequência).

Bibliografia Principal

A participação activa nas aulas é considerada imprescindível. Precisando alguns aspectos, entende-se por participação nas aulas: assiduidade, pontualidade, atenção e desempenho face às tarefas propostas, cumprimento de regras sociais que facilitam o trabalho em grupo e o trabalho individual, ou seja, respeito pelos colegas e cooperação.

Recomendar PáginaRecomendar